Por que escovar os dentes do seu pet

Uma das queixas mais comuns na clinica veterinária é o mau hálito que os pets passam a apresentar com o tempo. Isto ocorre porque há acumulo de resíduos de alimentos nos dentes, o que possibilita a adesão de bactérias e outros microrganismos formando a placa bacteriana que avança para cálculo dentário (“tártaro”). Porém, mais do que o famoso “bafo de onça” a falta de cuidados com os dentes dos pets pode resultar em perda de dentes, dificuldade de mastigação, infecção em órgãos como coração e rins, reduzindo o tempo e a qualidade de vida do animal.

Para a escovação é mais importante o atrito (abrasão) causada ao dente pelas cerdas da escova ou dedeira do que o creme dental, porém, se preferir usá-los, é importante que sejam próprios para animais para evitar intoxicações e distúrbios gastrintestinais que podem ser provocados pelos componentes dos cremes dentais humanos (sabão e flúor), pois os animais não conseguem “bochechar” e “cuspir” e acabam ingerindo boa quantidade deles. Há ainda produtos no mercado que contem enzimas responsáveis por dificultar a aderência bacteriana ao dente.

Para formação da placa bacteriana é necessário um período de 48 horas, em média, portanto, escovações três vezes por semana se mostram eficazes na higiene bucal dos animais, porém, quanto mais freqüente melhor.

Lembre-se: a escovação, mesmo em freqüência não elimina a importância  de levar seu pet para avaliações periódicas de saúde geral e bucal por um medico veterinário.

Introduzindo o hábito de escovação no dia-a-dia do animal:

O hábito de escovação dos dentes deve ser introduzido gradativamente e se iniciar o quanto antes. O grande desafio é fazer deste momento o mais prazeroso possível para o animal e para isso ele deve estar confortável com essa situação. Um bom começo é a manipulação do focinho e gengiva somente com os dedos por curtos instantes e várias vezes ao dia, lembrando que ele deve ser muito bem recompensado sempre que se deixar manipular com passeios, petiscos e agrados. Esta etapa pode durar dias a semanas. 


Quando o animal já estiver a vontade com essa situação, apresentar o creme dental, próprio para animais, deixando-o lamber uma pequena quantidade nos dedos do proprietário. A partir desta etapa pode-se associar o creme dental a escova ou dedeiras. Sempre com recompensas ao fim do processo.

Este artigo foi escrito por Ingrid Estevam Pereira, estudante de Medicina Veterinária pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

Comments

comments